Rádio JOVEM PAN

91.1. Jovem Pan Joinville

Ouvir

Abastecimento da Ceagesp cai 70% com greve dos caminhoneiros

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Ceagesp tem mercadorias em estoque para até a próxima quarta-feira (30)

Ceagesp tem mercadorias em estoque para até a próxima quarta-feira (30)

Fonte: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A paralisação dos caminhoneiros pela queda no preço do diesel afeta principalmente o abastecimento de alimentos perecíveis em treze estados. Na Ceagesp, o maior entreposto comercial da América Latina, a maioria dos atacadistas não recebeu mercadorias nesta quinta-feira (24).

Comerciante de um box de especiarias, Marco Tavares acredita que o movimento de clientes tenha caído em torno de 70%. “Por causa da greve, os comerciantes não está vindo. Eles devem estar com medo e as mercadorias estão acabando”, disse Tavares.

Com isso, os preços têm subido de forma exorbitante. O saco de 50 kg da batata que antes era vendido a R$ 80,00, agora sai por R$ 250,00, podendo a chegar a R$ 300,00 até o fim do dia. Melão, mamão, tomate e manga também tiveram aumento de 11%.

De acordo, com o presidente da Associação dos Permissionários, Onivaldo Comin, o movimento, desta sexta-feira (25), é praticamente anormal para um dia util.  

“Por ser uma sexta-feira, o movimento é de 10% dos caminhões. Não temos mais mamão porque vem do Nordeste e não chegou. Ainda tem muita coisa da cadeia fria no mercado porque o pessoal não vem comprar. Já os mais perecíveis e que vem de longe não temos”.

Até quarta-feira o estoque total da Ceagesp deve zerar. Inclusive, Comin teve que baixar as portas porque não tem mais produto para vender.

A informação é de que os permissionários do maior entreposto de alimentos da América Latina já sabiam de uma potencial crise. A expectativa é que os abastecimentos sejam normalizados em até 4 dias.

Na última quinta-feira (24) apenas 1.500 veículos entraram no Ceagesp para fazer o abastecimento, enquanto que o fluxo normal é de 11 mil caminhões/dia.

*Com informações de Matheus Meirelles e Tiago Muniz

Tags da Pan

Comentários